05 Livros de moda e sustentabilidade para ler em abril


 

Pensar em sustentabilidade engloba várias áreas de nossa vida, inclusive a moda. A forma como vestimos reflete nosso comportamento e propósito, por isso separamos 05 livros para sua lista de leitura no mês de abril que falam sobre moda e sustentabilidade. Um guia para você se aprofundar mais no assunto e buscar novas reflexões sobre a temática.

 

01 – Moda com propósito

O autor André Carvalhal reflete sobre a moda e o consumo desenfreado, propondo uma abordagem baseada em propósito. O livro narra que não basta apenas trabalhar por dinheiro, mas buscar um novo olhar, para se viver e conquistar com propósito.

 

02 – Moda e Sustentabilidade: uma reflexão necessária

Lilyan Berlim apresenta na obra informações sobre a relação entre moda e sustentabilidade, instigando transformações no processo criativo com abordagens que tangem o estilo de vida e comportamento de consumo. 

 

03 – Moda Sustentável: um guia prático

Moda Sustentável é um guia prático para a aplicação de estratégias de sustentabilidade em cada um dos passos que compõem o processo de criação e produção de moda. O livro lista os impactos socioambientais relacionados ao ciclo de vida dos produtos e analisa, com foco extremamente prático, as estratégias que os estilistas de moda podem adotar para avaliá-los durante o processo de criação.

 

04 – Moda ética para um futuro sustentável 

A obra explora os desafios de uma moda mais sustentável, convidando o leitor a viajar ao redor do mundo para conhecer iniciativas inspiradoras que podem ajudar a explicar essa mudança de paradigma tão necessário. O leitor tem em mãos um guia prático e completo, repleto de conceitos, recursos, personagens e iniciativas estimulantes, que convidam a abraçar a mudança em direção a uma moda com sentido.

 

05 – Eco chic

Partindo do ponto principal do slow fashion, de que qualidade é melhor que quantidade, a autora nos inspira a pensar melhor em nossas escolhas ao comprar. Como não abrir mão da moda e, ao mesmo tempo, contribuir para a diminuição dos poluentes que as fábricas emitem e dizer não ao trabalho explorador – dentre outros pontos igualmente importantes para a moda consciente.