Carnaval 2017: nutricionista dá dicas de alimentação para curtir os bloco


Alessandra Negrini - Bloco baixo augusta

Alessandra Negrini é nome consagrado no Carnaval de São Paulo. Rainha do bloco Acadêmicos do Baixo Augusta

Flávia Cyfer ensina o que comer e beber antes, durante e depois da folia.

Bloco Tô de Bowie (Foto: Reprodução/Facebook/Helena Yoshioka)Os blocos de rua já estão a todo vapor nas principais cidades do país. (Foto: Reprodução/Facebook/Helena Yoshioka)

A maratona de blocos de carnaval já começou – só neste fim de semana, milhares de pessoas foram tomar as ruas de cidades como Rio (Preta Gil é uma das atrações!) e São Paulo (teve Acadêmicos do Baixo Augusta, Monobloco e Rita Leena, entre outros) e curtir a folia. Para encarar o forte calor e o consumo de bebidas alcoólicas, Flávia Cyfer, nutricionista e Membro do Instituto Brasileiro de Nutrição Funcional, dá dicas sobre o que comer antes, durante e depois da folia. Olha só!

Café da manhã
“Tem que ser repleto de nutrientes e prover energia duradoura. Por isso, os carboidratos escolhidos devem sempre ser integrais e com baixo índice glicêmico, para liberar energia durante o maior tempo possível. Pães refinados, de farinha branca, estão fora. Pães integrais com grãos, castanhas e sementes são as melhores opções, assim como batata-doce e inhame cozidos. A gordura deve ser ingerida com moderação, para não enjoar no bloco, e de boa qualidade, como abacate, azeite ou óleo de coco. O ideal é que as frutas sejam sempre acompanhadas de sementes como chia ou linhaça, para não promover picos de glicemia no sangue, que são seguidos de uma sensação de pouca energia e cansaço. A hidratação antes da ingestão de bebida alcoólica também é importante. Água, água de coco e sucos são bem-vindos e em até a quantidade de um litro pela manhã”

beneficios-abacate

 

Segundo a nutricionista Flávia Cyfer, o abacate é ótima opção de fruta para comer antes dos blocos

 

 

 

 

No bloco
“Vale a pena encher o bolso com barrinhas para evitar o consumo de comidas gordurosas, frituras e petiscos nada saudáveis. Há boas opções de barrinhas sem glúten e sem açúcar. Na rua, opte por sanduíches que tenham, além da carne ou frango, salada e vegetais crus, como cenoura ralada. Omelete com salada também é outra boa opção. Se possível, intercale a bebida alcoólica com água, para evitar mal-estar e desidratação. Bebidas preparadas na rua, em que a água ou o gelo não são confiáveis, devem ser evitadas. Os que usam sucos em pó, cheios de corantes, também”.

Depois do bloco
“Um suco detox que dê um suporte para o fígado em seu árduo trabalho de eliminar toxinas é super bem-vindo. Couve, gengibre, limão, hortelã e água de coco podem ser batidos com qualquer fruta. E é importante um jantar completo com todos os nutrientes: uma proteína leve, como peixe ou frango, salada, legumes e algum grão integral, como quinoa ou grão de bico, por exemplo”.

Grazi Massafera posta foto de suco verde (Foto: Instagram / Reprodução)
O suco verde é uma boa opção para hidratar depois do consumo de bebidas alcoólicas nos blocos

Fonte: http://ego.globo.com