E como se vestir para trabalhar no calor?


Se tem uma tarefa difícil no alto verão é esta: se vestir com discrição e elegância, mas calma que tem jeito de colocar uma dose de frescor no look de trabalho mantendo a elegância e o estilo.

Se a sua profissão não exige tanta formalidade, parabéns, você já está com meio caminho andado! Vamos começar pelas eliminações. Evitar:

Peças muito decotadas, principalmente, que não possam ser usadas com sutiãs

Peças muito curtinhas

Peças muito descontraídas, como um shorts jeans destroyed

Sandálias que remetem a chinelos (e chinelos!)

Transparências sem o uso de regatas segunda pele por baixo

Se o seu trabalho exige mais formalidade o desafio é um pouco maior. Mas não desista, tem como não passar calor — e mesmo com uma manguinha maior. O principal? A escolha do tecido. Quanto maior a porcentagem de fibras naturais na composição, como algodão, mais fresquinho. Evite tecidos com muito poliéster eles não permitem a transpiração e esquentam muito.

blog2

 

Algumas sugestões interessantes, que você adaptar de acordo com o seu estilo:

Saia lápis, godê ou reta + camisa de algodão meia-manga
Saia com regata de seda (usar por baixo sutiã tomara-que-caia). Vale carregar um blazer de algodão, por conta do ar-condicionado e, caso haja uma reunião o look ganha formalidade.
Macacões sem manga, com decote V e perna reta, feitos de tecidos como jérsei, que é fresquinho.
Vestidos & vestidos: a opção mais prática e certeira para enfrentar o calor com elegância. Modelos estilo regata e com saias godês são as mais indicados por valorizarem todos os tipos físicos. Vale aderir também ao famoso tubinho que, em vez de preto, pode ganhar estampas alegres.
Cores claras somadas aos tecidos adequados ajudam a refletir o calor — um bom motivo para fugir do preto. E lembre-se: cores claras, nas modelagens indicadas para seu tipo físico, não engordam!
Os melhores tecidos, naturais e tecnológicos para enfrentar o calorão são: algodão, linho, seda, viscose, modal, liocel e viscose.