Pedalar: como a bicicleta pode melhorar seu bem estar e sua saúde


Para enfrentar o caos psicológico que permeia a vida nas grandes cidades, esse tipo de exercício é uma opção diferente e eficaz. Para Amanda, “o uso da bicicleta promove bem-estar físico e psicológico. Para quem não tem tempo de parar e olhar a paisagem do lugar em que vive, pedalar é um presente. A sensação é maravilhosa e quase impossível de se descrever, como quando você sente aquele cheiro de terra molhada antes de uma chuva”.

O corpo também não poderia ser mais beneficiado. Ela conta que emagreceu cerca de oito quilos em dois meses, logo que começou a pedalar. Essa perda também foi acompanhada do ganho de massa muscular. “Para a autoestima, foi incrível. Ganhei perna e perdi gordura”, brinca.

  • Tonifica as pernas;
  • ajuda a perder gordura;
  • auxilia no ganho de massa muscular;
  • relaxa;
  • melhora a qualidade de vida;
  • é uma boa opção para fugir do trânsito
  • possibilita que você “curta” a paisagem
  • aumenta a autoestima.

Dicas para quem quer começar a pedalar

Gabriel é taxativo ao lembrar que “antes de iniciar em qualquer atividade física, vale consultar um profissional da saúde. Tendo o aval do seu médico, comece a pedalar gradativamente. Primeiro nas ruas do bairro próximo de sua casa, depois nos parques e assim os desafios vão aumentando junto ao prazer na atividade física”.

”Não é necessário gastar muito, inicialmente. Se o objetivo é apenas fazer trajetos urbanos curtos, uma bicicleta mais simples dá conta do recado. Se possível, faça um “test drive” na bicicleta antes de comprar. Identifique o tamanho de quadro adequado e procure um selim (banco da bicicleta) confortável”, indica Gabriel. O quadro varia de acordo com o tamanho de quem vai utilizar a bicicleta, para saber qual o tamanho adequado para você, procure uma bicicletaria.

Fonte: Dicas de Mulher